Distúrbios menstruais na visão da Medicina Tradicional Chinesa

As mulheres apresentam ciclos menstruais próprios, que estão situados dentro dos padrões estabelecidos para a população feminina. Em condições normais, é equivalente há 28 dias.

Quando há alterações no padrão menstrual, trata-se de um quadro de distúrbio menstrual.

Tem sido descrita pelas técnicas utilizadas da Medicina Tradicional Chinesa (MTC) para condutas terapêuticas e práticas para promoção da saúde coletiva, contribuindo para melhoria e alívio de alguns desequilíbrios.

A Acupuntura é uma delas, na qual consiste na aplicação de agulhas nos pontos localizados na superfície do corpo, obtendo respostas globais ou específicas no organismo, buscando devolver esse equilíbrio através de intervenções e estímulos em pontos de acupuntura nesse corpo físico.

Portanto, de acordo com a MTC, os distúrbios menstruais são procedentes do desequilíbrio energético de um ou mais elementos que regem o organismo humano.

O objetivo da acupuntura é buscar o equilíbrio energético do corpo e como resultado, tratar essas perturbações menstruais.